Resenha #27 – Carrie A Estranha – Stephen King

Olá Tchucutchcus!

Minha nossa! Quanto tempo sem postar! Peço desculpas por meu sumiço repentino, me esforçarei pra que isso não aconteça novamente. Mas, agora vamos ao que interessa: mais uma vez lhes trago uma obra prima deste maravilhoso escritor!

 

carrie-a-estranha-1-638

 

Autor: Stephen King

Editora: Suma de Letras

Páginas: 200

Gênero: Terror, Drama, Thriller e Ficção Científica

Acabamento: Brochura

Classificação: 5/5 ❤

 

 

 

 

Sinopse: Carrie é uma adolescente tímida e solitária. Aos 16 anos, é completamente dominada pela mãe, uma fanática religiosa que reprime todas as vontades e descobertas normais aos jovens de sua idade. Para Carrie, tudo é pecado. Viver é enfrentar todo dia o terrível peso da culpa.
Para os colegas de escola, e até para os professores, Carrie é uma garota estranha, incapaz de conviver com os outros. Cada vez mais isolada, ela sofre com o sarcasmo e o deboche dos colegas. No entanto, há um segredo por trás de sua aparência frágil: Carrie tem poderes sobrenaturais, é capaz de mover objetos com a mente.
No dia de sua formatura, Carrie é surpreendida pelo convite de Tommy para a festa – algo que lhe dá a chance de se enxergar de outra forma pela primeira vez. O ato de crueldade que acontece naquele salão, porém, dá início a uma reviravolta cheia de terror e destruição.
Chegou a hora do acerto de contas

(Fonte: Companhia das Letras)

carrie-a-estranha-capa-1

Falou no mestre King, é comigo mesmo! Fiquei louca ao saber que esse foi o primeiro livro publicado por ele, em 1974 (apesar de não ter sido o primeiro que escreveu. Ele contou que escreveu cinco livros antes de Carrie). Dá pra acreditar que ele não tinha gostado do resultado e não quis ir adiante? Jogando tudo no lixo? Mas, graças à sua esposa, Tabitha King, também escritora, que ao ler o manuscrito adorou a história, o incentivou a levá-lo até um editor que decidiu publicar. Obrigada Sra. King ❤

Acabou sendo um grande sucesso, levando King ao prestígio e à glória. A partir daí, o grande sucesso virou filme, tornando-se um clássico. Além das adaptações para o cinema, também teve seus direitos vendidos para um musical, na Broadway, em 1988.

Sua primeira adaptação nas telinhas saiu apenas dois anos após o lançamento do livro, protagonizada por Sissy Spacek. O filme foi dirigido por Brian De Palma, recebendo duas indicações ao Oscar de melhor atriz para Sissy Spacek e melhor atriz coadjuvante para Piper Laurie.

O primeiro remake foi em 2002, planejado como um piloto de uma série de TV, porém nunca realizado. Temos Angela Bettis no papel de Carrie, que apesar de a atriz ter conseguido interpretar bem a personagem, o filme recebeu muitas críticas, especialmente dos fãs da obra original, afinal o roteirista Bryan Fuller, não foi lá muito fiel à narrativa.

E a terceira adaptação foi em 2013, tendo Chloë Grace Moretz como Carrie e Julianne Moore como a mãe de Carrie. O filme foi dirigido por Kimberly Peirce, responsável também por “Stop-Loss, A Lei da Guerra”.

Escrito em forma de entrevista, King nos mostra pontos de vista diferentes, tornando a história tão envolvente que nos prende desde a primeira página. Por saber desenvolver tão bem os personagens, ele nos faz sentir tudo o que Carrie sente, a indignação, a raiva e o ódio. Nos mostra o quanto, nós, seres humanos, podemos ser cruéis e vingativos.

Durante a leitura, a gente se pega pensando “Cara, mata todo mundo, bota fogo, joga carro, QUEBRA TUDO!” Acho que as mulheres não poderiam ter poderes assim, imaginem só durante a TPM… Não iria prestar. Mas seria legal hahaha

Não tenho como dizer o quanto gostei do livro, afinal sou um pouco suspeita quando o assunto é Stephen King. Com certeza está na minha listinha de livros que pretendo ler novamente. É uma leitura rápida e fascinante, recheada de fortes emoções. Uma ótima pedida!

Até a próxima!

Um ‘chero no cangote’ de vocês!

6 comentários sobre “Resenha #27 – Carrie A Estranha – Stephen King

  1. Depois que li sua resenha, Ju, fui dar uma espiada na minha estante lá do Skoob pra confirmar um fato terrível: eu nunca li “Carrie” :´(
    E olha que fiz um juramento solene de ler tudo o que o King escreveu… Mas só li 15 livros, e o cara tem mais de 100 trabalhos escritos *suspira*
    Enfim, seu texto está incrível como sempre, moça! Finalmente me fez criar vergonha e procurar “Carrie” pra ler; mas enquanto o livro não aparece, vou assistir os filmes 😛

    Curtido por 1 pessoa

    • Como não?? Hahaha. Vou te dar um desconto, o cara não para de escrever, é meio difícil acompanhar. Mas, já que você criou uma listinha de livros que eu tenho que ler, me sinto na obrigação de fazer uma pra você também, já começo incluindo Carrie nela haha.
      Ah, e obrigada, nunca irei escrever como você, mas a gente tenta 😄
      Abraço e obrigada mais uma vez pela visita!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s